sexta-feira, 26 de maio de 2017

RJ: Book Truck distribuirá livros gratuitos em Copacabana, neste domingo (28/05)

Copacabana, RJ. O Livro de Rua lança, no dia 28 de maio, a partir das 09h, na Praia de Copacabana, o Book Truck. Inspirado nos food trucks, o Book Truck também vai oferecer um cardápio de delícias da literatura da melhor qualidade. 

Segundo o idealizador Pedro Gerolimich, que criou o Livro de Rua em 2009 e já realizou ações como a Biblioteca na Praia, a ideia é atrair o público pelo sabor da leitura. Romances apimentados e poemas doces estão entre as opções para serem degustadas.

A libertação de livros, marca registrada do projeto, está garantida. Bons livros não vão faltar para abrir o apetite de adultos e crianças. O Livro de Rua também aceita doações de livros na hora. É só chegar e libertar, desde que livros estejam em bom estado de conservação. Não serão aceitos livros didáticos nem revistas, jornais e catálogos, mas HQ são bem-vindos.

A curadoria desta ação é de Luciana Bastos Figueiredo, que já foi responsável pela programação em espaços de literatura infantil e juvenil em eventos como a FLUP, e da jornalista e escritora Sol Mendonça.

Estão confirmadas as participações de artistas populares e promotores de leitura como Cris Martins (Bolo, Café e Histórias), Otávio Junior, Debora Zambi e a marca de roupas literária Poeme-se, que revela em camisetas o melhor da literatura. O encerramento trará uma surpresa musical especial.

O coordenador do Livro de Rua e idealizador do Book Truck promete que esta é só a primeira parada. A kombi vai percorrer ruas, praças, outras praias e cidades para cumprir a missão de levar bons livros a novos leitores. 

Confirme sua presença no facebook: www.facebook.com/events/309018292870401/

Serviço: Lançamento do BOOK TRUCK. Praia de Copacabana, Posto 6, em frente à estátua do Drummond. Domingo, dia 28 de maio, das 9h às 13h. Grátis.

Fotos: Divulgação.

Grátis: Shopping Bay Market apresenta show do cantor Luis Fernando Estrela, em Niterói, neste sábado (27/05)

Luis Fernando Estrela  canta pop rock, reggae e sertanejo universitário em Niterói. Foto: Divulgação

No sábado, dia 27 de maio, o Shopping Bay Market apresenta o happy hour com o cantor Luis Fernando Estrela, a partir das 19h. No show intimista, o artista promete levar para os amantes da música o melhor do estilo clássico como, pop rock, reggae e sertanejo universitário. O evento é gratuito e será realizado na Praça de Alimentação.

Com passagem por vários palcos do Rio de Janeiro, o músico começou sua carreira como instrumentista em Maricá (RJ), tocando em bares e restaurantes. No repertório, sucessos de cantores consagrados como Lulu Santos, Paralamas do Sucesso, Nenhum de Nós, Engenheiros do Hawai, Legião Urbana, Gustavo Lima, entre outros.

Serviço: Show do cantor Luis Fernando Estrela. Shopping Bay Market. Av. Visconde do Rio Branco, 360 – Centro Niterói / RJ. Sábado, dia 27 de maio, a partir das 19h. Entrada franca. Informações: 21 2620-2330.


Grátis: Pátio Alcântara anima a criançada com a apresentação da peça ‘Hi-5’, em São Gonçalo, neste sábado (27/05)

Fãs de 'Hi-5' irão curtir as músicas da série no Shopping Pátio Alcântara, neste sábado. Foto: Divulgação.

São Gonçalo, RJ. Neste sábado, dia 27 de maio, o Shopping Pátio Alcântara apresenta a peça infantil ‘Hi-5’, a partir das 16h30. O Show ‘Festa Hi-5' nada mais é do que uma divertida festa para quem assiste. O evento é gratuito e será realizado na Praça de Alimentação.

Nesta história, os cinco personagens vão preparar uma festa para celebrar a amizade. Difícil vai ser se concentrar em preparativos com tanta música e diversão. Os fãs da série 'Hi-5' terão a oportunidade de dançar, cantar e brincar junto com os personagens.

A programação faz parte do ‘Teatrinho no Pátio’, que acontece todo sábado para o público infantil.

Serviço: Hi-5. Shopping Pátio Alcântara. Praça Carlos Gianelli, s/nº, Alcântara – São Gonçalo / RJ. Sábado dia 27 de maio, a partir das 16h30. Entrada Franca. Informações: 21 3856-4086.

Grátis: Prelúdio 21 apresenta suas composições para piano, no CCJF, na Cinelândia, neste sábado (27/05)

Prelúdio 21 recebe convidados no Centro Cultural Justiça Federal. Foto: José Nasser

Rio de Janeiro, RJ. Dando seguimento a sua 10ª temporada no Centro Cultural da Justiça Federal, e a 20ª de sua carreira, o grupo de compositores Prelúdio 21 receberá neste sábado, dia 27, a partir das 15h, diversos pianistas convidados: Antonio Ziviani, Thaylson Rodrigues, Ingrid Barancoski e Pablo Panaro. No programa  as obras Massas (Neder Nassaro), 5:40 (Caio Senna), Átonas (Sergio Roberto de Oliveira), Três Bagatelas para Piano (Marcos Lucas) e Interiores (José Orlando Alves) e Dual, de Alexandre Schubert. Os concertos da série “Prelúdio 21 – Música do Presente” acontecem sempre no último sábado de cada mês.

Conheça o Prelúdio 21: Sete compositores se reuniram em 1998 com o intuito de divulgar sua música e a música erudita contemporânea, através de recitais e palestras abertas ao público com compositores brasileiros e estrangeiros para apresentarem seus trabalhos, visando o intercâmbio de experiências. De lá pra cá, o Prelúdio 21 amadureceu e se tornou um dos mais importantes grupos de música contemporânea do país, virando referência internacional. Desde 2008, os músicos realizam sua série de concertos no Teatro do Centro Cultural Justiça Federal,

Serviço:Prelúdio 21 convida pianistas. Centro Cultural Justiça Federal. Av. Rio Branco, 241 – Centro / RJ. Sábado, dia 27 de maio, a partir das 15h. Entrada Franca. Distribuição de senhas meia-hora antes do espetáculo. Classificação Livre. Informações: 21 3261-2550.


segunda-feira, 22 de maio de 2017

SP: Oficina de Pintura com café, com Débora Santos, comemora os mês das mães, em Mogi das Cruzes (27/05)


A data de comemoração do Dia das Mães já passou, mas este mês é tão especial que no dia 27 de maio, às 9h30 a artista plástica Débora Santos estará na Academia Acqua Master Treiner, unidade do Mogilar apresentando a Oficina de Pintura com Café. No evento a artista trabalhará alguns desenhos e a técnica com as mães e as crianças.

Para participar, basta fazer a inscrição na academia até o dia 25. A inscrição custa R$ 10. A Academia Acqua Master Treiner fica na Rua Delphino Alves Gregório 755 - Mogi das Cruzes - SP. Telefone: 11 4791-3592 / 4791-3359. Conheça o trabalho de Débora Santos: www.pintandocomcafe.com.br




Fotos: Divulgação.

Grátis: Exposição resgata a história do Morro da Providência e revela sua ligação com Canudos, no BNDES (Até 14/07)


Tão marcantes na paisagem carioca, as favelas guardam ricas memórias, muitas vezes desconhecidas da maioria dos moradores do Rio. A exposição fotográfica ‘Morro da Favela à Providência de Canudos’, que será exibida no Espaço Cultural BNDES, no Centro, a partir do dia 24 de maio, se propõe a contar uma dessas histórias: a origem da primeira favela do Brasil, o Morro da Providência, que completa 120 anos em 2017, e sua ligação com a Guerra de Canudos, que ocorreu na Bahia, entre novembro de 1896 e outubro de 1897. O material é fruto do trabalho do fotógrafo autodidata nascido e criado na Providência, Maurício Hora.

A formação do Morro da Favela, atual Morro da Providência, teve início no fim de 1897, com o retorno de ex-combatentes de Canudos ao Rio. A Guerra de Canudos envolveu, de um lado, os habitantes do Arraial de Canudos, na maioria jagunços, sertanejos pobres e miseráveis, e fanáticos religiosos liderados pelo beato Antônio Conselheiro. Do outro lado, as tropas do governo baiano com apoio de soldados do Exército enviados da capital federal.

O sangrento combate terminou com a destruição total de Canudos, a degola de muitos prisioneiros de guerra e o incêndio de todas as casas do arraial. Os soldados que sobreviveram foram trazidos para o Rio. Sem apoio, improvisaram alojamentos na encosta do morro localizado nos arredores do Saco dos Alferes, na área lateral à Central do Brasil. Ali, iniciaram o povoamento que ficaria conhecido comoMorro da Favela – uma referência tanto ao morro de mesmo nome existente em Canudos e usado para atacar o vilarejo durante a guerra, quanto ao arbust"Faveleira"(Cnidoscolusquercifloius), bastante comum no sertão baiano.

Não se sabe ao certo quando foi que o morro começou a ser chamado de Providência. Tal classificação passou a ser difundida oralmente pelos moradores e, a partir da década de 1930, encontram-se registros nos documentos oficiais da cidade. Maurício Hora conta que começou a desenvolver o projeto em 2013, quando dois acontecimentos fizeram com que as histórias de Canudos e do Morro da Providência se entrelaçassem novamente:

De um lado, a seca rigorosa que se estendeu pelo sertão baiano fez reduzir o nível de água do açude construído em cima do antigo vilarejo de Antônio Conselheiro, trazendo à tona as ruínas do cenário da guerra; de outro lado, as obras de revitalização da Zona Portuária carioca rasgaram as ruas e o cotidiano da favela e dos bairros de seu entorno, tornando ainda mais vulnerável a vida por ali”, resume.

O trabalho pode ser conferido até o dia 14 de julho, de segunda a sexta, das 10h às 19h, no Espaço Cultural BNDES. “As fotos privilegiam pessoas comuns em suas rotinas, cenários típicos do cotidiano dos moradores locais (da favela e de Canudos), os aspectos da seca e da vida no sertão baiano contrapostos à realidade da favela carioca urbana”, comenta.




Ficha técnica: 

Fotografia: Maurício Hora
Curadoria: Bruna Azevêdo
Pesquisa e Produção textual:
- Luiz Carlos Torres (Historiador)
- Flávia Carolina da Costa (Antropóloga)
Assessoria Acadêmica: Julia Santos Cossermelli de Andrade (Geógrafa-UERJ)


Serviço: Morro da Favela à Providência de Canudos. Espaço Cultural BNDES - Av. República do Chile, 100 - Centro, Rio de Janeiro (próximo ao metrô Carioca). Segunda a sexta-feira (De 24/05 até 14/07/17), das 10h às 19h – exceto feriados.Visitas guiadas de segunda a sexta às 12h30; quartas e quintas às 18h15. Entrada franca. Informações: www.bndes.gov.br/espacobndes

Fotos: Maurício Hora / Divulgação.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Grátis: Shopping Bay Market apresenta o teatro de bonecos com a peça ‘É o Bicho!’, em Niterói (21/05)


No dia 21 de maio, domingo, o Shopping Bay Market apresenta o teatro de bonecos com a peça ‘É o Bicho!’,  a partir das 15h. O espetáculo é produzido pela Fanfarra Produções, com um cenário que retrata a natureza. A ação é gratuita e será realizada na Praça de Alimentação. 

Sinopse: Um vigarista se disfarça de turista e vai à floresta conhecer os bichos artistas. Sua intenção é capturar o melhor artista em sua jaula. Desta forma, faz amizade com um sapo cantor e assiste a vários números onde se apresentam o rato astronauta, o coelho à jato, as lemas amestradas, o elefante bombeiro, o macaco e o leão repentista e muitas outras atrações.  Mas ele próprio acaba preso em sua jaula, vítima do jacaré Malandro, que descobre sua trama. A direção é de Heleno Hauer.

Serviço: ‘É o Bicho’. Shopping Bay Market. Av. Visconde do Rio Branco, 360 – Centro Niterói/RJ. Domingo dia 21 de maio, a partir das 15h. Entrada Franca. Duração: 45 minutos. Informações: (21) 2620-2330.

Foto: Divulgação.


terça-feira, 16 de maio de 2017

SP: Cisne Negro Cia de Dança faz apresentação beneficente para a ONG Horas da Vida (20/05)

Espetáculo "Vem Dançar" tem única apresentação em São Paulo com participação especial da bailarina Ana Botafogo


Foto: Tomas Kolisch Jr

São Paulo, SP. O Instituto Horas da Vida, em parceria com a Sandoz, divisão do Grupo Novartis para genéricos e biossimilares, traz o espetáculo "Vem Dançar" produzido pela Cisne Negro Cia de Dança, em única apresentação, 20 de maio, no Teatro Hebraica, em Pinheiros, SP. Aclamado pela crítica, o grupo apresenta um dinâmico e divertido musical - social, histórico e cultural, no qual bailarinos contam, dançando e cantando, a história da dança pelo tempo, tendo como mestre de cerimônia o Rei Luís XIV.

No palco, ao lado de 14 bailarinos, está o personagem Rei Sol, como era conhecido Luís XIV. Responsável pela divulgação massiva do balé no mundo, o rei da França, no século XVII, tinha esse apelido porque, artista, ele só se apresentava depois do pôr do sol.

Foto: Tomas Kolisch Jr
Do clássico ao samba, o espetáculo é fruto de mais de dois anos de trabalho, visto por mais de 150 mil pessoas. Além de assistir a uma bela apresentação, considerada como porta de entrada ao mundo da dança, o público terá a oportunidade de contribuir para um trabalho humanizado feito por mais de 1800 voluntários, os quais já realizaram mais de 14 mil atendimentos gratuitos para pessoas com dificuldade ou sem acesso ao sistema de saúde.

O evento no Dia Nacional do Genérico reforça a importância de levar acesso à saúde para pessoas por meio de medicamentos e serviços de qualidade. Essa atitude é fundamental em um mundo em que parte significativa da população ainda não tem acesso a medicamentos básicos, bem como conhecimento sobre prevenção e tratamento de doenças. O acesso está no DNA da Sandoz”, afirma André Brázay, diretor geral da Sandoz no Brasil.

Confirme sua presença no evento: www.facebook.com/events/1840155036201328/

Serviço: Vem Dançar - Cisne Negro Cia de Dança. Teatro Hebraica. R. Hungria, 1000, Pinheiros, São Paulo/SP. Sábado, dia 20 de maio, às 21h. R$ 100. Capacidade: 523 lugares. Duração: 60 min. Infomações: 11 3818-8800.


TV: filósofo, historiador e professor Leandro Karnal revela um de seus medos, no Face a Face (16/05)

Atração é exibida pelo Bandnews e comandada por Adriane Galisteu



O Face a Face, apresentado por Adriane Galisteu, exibe, hoje (16/5), continuação da entrevista especial com Leandro Karnal, historiador, professor, filósofo e um dos palestrantes mais requisitados do país. É a primeira vez que a entrevista será apresentada em duas partes.

Na segunda entrevista, o professor, considerado um dos novos “pensadores pop” da atualidade, falou da ética no Brasil. “Nunca houve tanta punição por desvio ético e tanta gente poderosa na cadeia. Começamos uma verdadeira limpeza histórica. Estamos repensando o Brasil”, declarou.

Karnal revelou ainda que tem vários medos e um deles é o de perder a visão. “Isso me assusta muito e me causa pesadelos”. Durante o bate-papo, ele também falou da relação com os livros, casamento, traição e culpa. “A culpa é universal e faz parte de nossa cultura. Todos vivemos culpados e dialogamos com fantasmas construídos”.

O Face a Face é exibido às terças-feiras, às 22h, com reprises aos sábados, às 22h30, e na madrugada de domingo para segunda, às 3h30, na Bandnews TV, canais 77 da NET, 51 da Vivo TV e 107 da Sky.

Fotos: Divulgação

quarta-feira, 10 de maio de 2017

RJ: Edu Lobo, Mauro Senise e Romero Lubambo lançam o CD "Dos Navegantes" na Sala Cecília Meireles, na Lapa (13/05)


A Sala Cecília Meireles  apresenta sábado, dia 13 de maio a partir das 20 horas, dentro da série Sala Jazz, os artistas Edu Lobo, Mauro Senise e Romero Lubambo, no lançamento do CD Dos Navegantes (Biscoito Fino), com obras de Edu Lobo. Participação especial de Cristóvão Bastos (piano), Bruno Aguilar (contrabaixo) e Mingo Araújo (percussão).

Encontro de um dos maiores compositores brasileiros, Edu Lobo, com dois dos mais destacados instrumentistas do país, o saxofonista e flautista Mauro Senise e o violonista Romero Lubambo, este é o espetáculo de lançamento do CD “Dos navegantes”, com composições pouco conhecidas, além de uma inédita, do mestre Edu

Romero Lubambo é reconhecido como um dos mais atuantes e talentosos violonistas da atualidade. Radicado nos Estados Unidos há mais de 30 anos, Lubambo vem tocando com os maiores nomes do jazz internacional em apresentações por todo o planeta, músicos do calibre de Dianne Reeves, Michael Brecker, Yo-Yo Ma, Diana Krall, Herbie Mann, Wynton Marsalis, Kenny Barron e Paquito D’Rivera. 

Senise, que comemora 43 anos de carreira, é dono de uma das mais intensas produções fonográficas do cenário da música instrumental brasileira, com 28 CDs e 5 DVDs solos lançados. Tendo tocado com músicos como Egberto Gismonti, Hermeto Pascoal, Wagner Tiso e Luiz Eça, Senise se dedica há muitos anos à sua carreira solo, que inclui o duo com o pianista e compositor Gilson Peranzzetta, o grupo Cama de Gato e o Mauro Senise Quarteto. 

Edu Lobo dispensa apresentações. O compositor e cantor de 73 anos está mais afiado do que nunca, exibindo uma interpretação impecável de suas próprias composições. 

Confira o programa:

Morte de Zambi de Edu Lobo e Gianfrancesco Guarnieri

Toada de Edu Lobo e Cacaso

Valsa brasileira de Edu Lobo e Chico Buarque

 Na ilha de Lia, no barco de Rosa de Edu Lobo e Chico Buarque

Valsa dos Clowns de Edu Lobo e Chico Buarque

Gingado dobrado de Edu Lobo e Cacaso

Cidade Nova de Edu Lobo e Ronaldo Bastos

Dos navegantes de Edu Lobo e Paulo César Pinheiro

Considerando de Edu Lobo e Capinan

O Circo Místico de Edu Lobo e Chico Buarque

Noturna de Edu Lobo

Angú de caroço de Edu Lobo e Cacaso

História de Lily Braun de Edu Lobo e Chico Buarque

Zanzibar de Edu Lobo

Beatriz de Edu Lobo e Chico Buarque

Pra dizer adeus de Edu Lobo e Torquato Neto

Serviço Show: Edu Lobo, Romero Lubambo e Mauro Senise – Lançamento do CD Dos Navegantes. Participações: Cristovão Bastos (piano), Bruno Aguilar (contrabaixo) e Mingo Araújo (percussão). Sala Cecília Meireles. Rua da Lapa 47, Lapa, RJ. Sábado dia 13 de maio, a partir das 20 horas. Ingressos na bilheteria da Sala: R$40 (R$ 20 para estudantes e idosos, R$ 2 para estudantes de música que apresentem a carteirinha). Tel: (21) 2332-9223 / 2332-9224.